quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Não soube o que fazer

Nem sempre sabemos para onde ir
A vida é mesmo assim
Uns dão jeito em tudo
Outros não dão em nada
Alguns reclamam
Outros não falam nada

Mas ela vai passando
Quando os desatentos percebem
Já foi

Foi para onde?
Ninguem sabe

3 comentários:

Bonilla disse...

Olá Robério,
veja que nos últimos dois meses, apesar de todos os temas tratados em aula, apenas duas postagens remetem a eles. Precisa postar reflexões sobre o processo vivido na disciplina.
Vamos lá, estou aguardando.

Edmilton G Silva disse...

Colega, não sabia que você era poeta. Vai fundo negão. Coloca teu time em campo. Eu mesmo serei consumidor do seu produto!

MILE disse...

Amo poesias, mas não tenhoo dom de criá-las, posta mais viu, bj.